Caldeiras e Vasos de pressão

Destinados a produzir e acumular valor maior que à pressão atmosférica a caldeira faz esse processo com qualquer fonte de energia. O vapor produzido pode ser usado nas condições como baixa ou alta pressão, saturado ou superaquecido. O vapor pode ser produzido ainda por equipamentos que possuam a caldeira como uma das fontes de energia. A caldeira pode ser definida como todo equipamento que simultaneamente gere e acumule vapor de água ou outro fluído.

Sempre subjugado a pressão interna ou externa os vasos de pressão são equipamentos que possuem fluídos. Há também os vasos que operam com vácuo que apesar de estarem operando a vácuo sofrem essas pressões. O vácuo é uma pressão inferior a atmosférica. A dimensão do vaso se dá em conta da pressão que atua sobre suas paredes que poderá ser maior interna ou externamente. Quando não existe atuação simultânea das pressões internas e externas o caso tem ganhar a dimensão por uma condição mais severa aplicada sobre ele.

Dependendo da função a qual se destinam os vasos de pressão podem ser esférico, cilíndricos ou cônicos e podem ser construídos em aço de carbono, alumínio, aço inoxidável, fibra de vidro ou outros. Podem ou não conter líquidos, gases ou misturas de ambos.

Leave a Reply